• Mentha

Como combinar cores na decoração



Laranja combina com azul? Será que verde fica legal em quartos? E será que eu posso usar cores diferentes ou só devo seguir uma paleta? Muitas pessoas não dão muita bola, mas saber como combinar cores na decoração é essencial quando pensamos em uma boa composição final dos ambientes.


Afinal, as colorações têm papel importante na percepção de espaço dos ambientes e podem influenciar até o nosso humor e as nossas emoções.


Porém, como tudo na decoração, não existe uma fórmula pronta que determina como combinar cores, não existe certo e nem errado, o que temos é um conjunto de técnicas que podem ajudar a não errar. Venha, continue a leitura e saiba mais.


Como combinar cores na decoração?

Como mencionado anteriormente, não há regra para se combinar tons, mas há algumas dicas que podem facilitar na hora da combinação. E a principal delas é o uso do círculo cromático, ou também conhecido como roda de cores.


Círculo cromático

O círculo cromático é uma representação simplificada das cores percebidas pelo olho humano. O círculo é dividido em 12 fatias que possui as 3 cores primárias, as 3 secundárias e as terciárias que são apresentadas em um espectro perfeito.


O círculo pode ser uma “mão na roda” quando bate aquela dúvida sobre cores, pois ele consegue dar uma boa percepção de combinações. Veja alguns exemplos de junções que são possíveis de serem visualizadas com o círculo:


Combinação monocromática

A monocromia consiste em escolher apenas uma cor do círculo e usar vários de seus diferentes tons e subtons para compor o ambiente. Aqui, por ser apenas de uma coloração, é muito recomendado usar várias texturas e materiais diferentes para não deixar o ambiente chato ou visualmente sobrecarregado.


Combinações complementares

A combinação complementar consiste em usar tons que estão em lados opostos dentro do círculo cromático e o efeito desta união de cores proporciona um ambiente vivo e alegre.


Combinação de três cores

Como o nome já diz, a combinação une três cores diferentes que estão distantes de quatro em quatro dentro do círculo. Apesar de ser uma junção que cria um grande contraste, ela é, ao mesmo tempo, bastante harmônica e requer um olhar estético apurado para fazer uma aplicação que faça sentido.


Combinações análogas

Este esquema consiste em combinações de duas ou até três cores, mas que se encontram uma ao lado da outra no círculo. O resultado dessa junção cria um efeito de continuidade e degradê.


Combinação de quatro cores em retângulo

O esquema consiste em uma combinação de cores que são ligadas pelas pontas de um retângulo, composta por uma cor primária, duas complementares e mais uma que proporciona um destaque maior entre as outras. O resultado final é uma composição bem colorida e divertida.


Combinação de quatro cores em quadrado

O esquema é bem parecido com o do retângulo, a única diferença é que a combinação consiste nas quatro cores ligadas pelas pontas de um quadrado, ou seja, de três em três tons seguindo o círculo cromático. Esse mix de tons colorido dá ao ambiente sensação de vivacidade e descontração.


O que levar em consideração antes de começar a combinar cores?

Espaço

Na hora de escolher uma combinação de cores, é preciso avaliar também o tamanho do espaço que você tem disponível. Enquanto tons mais claros aumentam a sensação de amplitude de um espaço, os mais escuros têm o efeito oposto e podem dar a impressão de que um espaço é menor do que ele realmente é.


A psicologia das cores

Como mencionado anteriormente, as cores têm a capacidade de influenciar diretamente o nosso humor e nossas emoções. Por isso, é importante saber um pouco sobre o efeito delas para não se equivocar na combinação.


Conhecer os efeitos das colorações pode auxiliar na criação do espaço ideal, além de evitar alguns deslizes que podem prejudicar sua decoração. Por exemplo, usar cores estimulantes, como vermelho, laranja e amarelo, em quartos pode ser uma ideia ruim, pois pode prejudicar o descanso e relaxamento no cômodo.


Iluminação

Outro fator para o qual é necessário atenção é a relação das cores com a iluminação, seja ela artificial ou natural. Geralmente, luzes frias e quentes possuem efeitos distintos na coloração ideal. Por exemplo, luzes amareladas em cores quentes podem deixar elas ainda mais vivas.


Texturas e materiais

Caso você escolha uma combinação de cores neutras ou monocromática, é interessante investir em texturas e materiais diferentes para criar um ritmo nos elementos, invista em estofados, tapetes ou objetos decorativos, como os painéis decorativos Mentha, que podem dar um toque diferenciado ao ambiente.


Independente da combinação de cor que você escolher, você pode contar com a Mentha para deixar a sua casa ou o seu projeto incrível. Os painéis PET e os biombos Mentha vêm em 31 cores e não apresentam amarelamento. Entre em contato e faça o seu orçamento!

64 visualizações