Como usar painéis na decoração de quartos infantis
whatsapp-logo-1.png

11 4011-7036  l 11 9 5732-9481

  • Facebook Mentha
  • Instagram Mentha
  • Mentha

Como usar painéis na decoração de quartos infantis

Na hora de revestir quartos de bebês e crianças é importante pensar em revestimentos com formas, cores, possibilidade de personalização e resistência


Na foto Biombo modelo Cobogó. Créditos: Escritório Arquitetura Assim.


Refúgio dos compromissos do dia a dia, o quarto é o local da casa onde recarregamos as energias e cuidamos da saúde da mente. Quando se trata de crianças, este espaço se tornar um local de estímulos, aprendizado e o universo particular dos pequenos. Por isso, sua decoração deve ser mais do que agradável aos olhos, precisa ser funcional e pensada para o desenvolvimento deles.


Para isso, uma maneira básica de pensar na decoração destes ambientes é entender que muitas vezes ele servirá para o descanso, estudos e brincadeiras. Mas como incorporar tudo em um só lugar? Mais uma vez os painéis podem ser utilizados para delimitar estas áreas dentro do quarto, mas sem isolar estes espaços completamente.


+ Nada básico: dicas para incorporar o biombo branco à decoração

+ 06 Dicas para especificar biombos Mentha de forma correta

+ Conheça as cores que serão tendência em 2020

+ 05 ideias de painéis para usar na sala


Um recurso interessante é aplicação de um biombo para estabelecer uma área de estudos, seja o colocando diretamente na parede como um revestimento ou ao lado da bancada do computador, como uma maneira de “isolar” esta área. Os biombos da Mentha estão disponíveis em diversas linhas em 31 cores exclusivas, além de permitirem liberdade total de personalização dos padrões.


Na foto Biombo modelo Stone. Créditos: Showroom Pantheon Revestimentos.

Na área da cama, uma iluminação aconchegante é indispensável para criar o clima perfeito para uma boa noite de sono e o elemento vazado mais uma vez se mostra um ótimo aliado. Uma ideia que vem sendo bastante reproduzida é a utilização do biombo da cabeceira até o teto, com iluminação embutida. É possível optar por um sistema com dimerizador de luz, para deixar uma iluminação bem baixinha para crianças que têm medo do escuro ou até mesmo uma luz mais tranquila para a leitura antes de dormir.

Na área de brincadeiras, outra ideia criativa é apostar no uso do biombo em sua forma mais tradicional como plano de fundo para contar histórias ou como um camarim para fantasias. O mais bacana neste caso é apostar na personalização do projeto, trazendo para a decoração elementos que façam parte da vida das crianças, seus personagens preferidos e seus gostos individuais, como uma maneira de se expressarem através da decoração.


Em nosso portfólio temos muitos tipos de produto para revestir quartos infantis, como biombos com estampas geométricas e florais, painéis de PET e madeira de demolição, portas, lambris e brises!

163 visualizações